quarta-feira, 30 de janeiro de 2008

O Rei do Pop prepara sua volta!

Após um longo período repleto de confusões e polêmicas, Michael Jackson prepara terreno para sua volta, com o tão esperado CD de inéditas, produzido pelo rapper Will.I.am, do Black Eyed Peas, com lançamento previsto ainda para este semestre. Antes disso, será lançada no dia 12 de fevereiro a edição comemorativa dos 25 anos do álbum mais vendido de todos os tempos - "Thriller 25th Anniversary Edition", que virá com novo encarte e trará os clássicos do disco totalmente remasterizados, assim como novas versões de alguns dos hits. O primeiro single "The Girl is Mine 2008" já está nas rádios de todo o país, como Joven Pan e Transamérica, desde do dia 15 de janeiro, e conta com a participação do rapper Will.i.am. Mas a parceria do músico com Jackson não ficou apenas em uma canção. Depois de produzir nomes consagrados da música atual como Justin Timberlake, Fergie e Snoop Dogg, Will.i.am vivenciou um novo desafio: o rapper teve a tarefa de dar uma nova sonoridade aos clássicos do rei do pop. Em "The Girl is Mine", Will.i.am introduziu batidas mais fortes, sem perder o charme e o romance da versão original (gravada em duo com Paul McCartney): "Every night she walks right in my dreams/ Since I met her from the start/ I'm so proud I am the only one/ Who is special in her heart/ The girl is mine". A nova edição de Thriller contará ainda com as ilustres participações de Akon, Fergie e Kanye West, que remixou "Billie Jean". Um DVD também será lançado com os clipes de "Thriller", "Billie Jean" e "Beat It" e o célebre especial "Motown 25: Yesterday, Today, Forever", produzido pela NBC, em 1983, onde Michael mostrou para uma platéia boquiaberta o incrível passo de dança em que ele andava até o canto esquerdo e voltava deslizando de costas. Naquela noite do especial, mais do que mostrar ao mundo pela primeira vez o passo a que chamou "Moonwalk", Jackson consagrara-se como nada menos que o "Rei do Pop".

4 comentários:

Cristina Verçoza disse...

Apesar de todas as suas excentricidades, Michael é um gênio, de talento incontestável e presença de palco jamais vista, além de ter uma das vozes mais lindas que já ouvi! Que o retorno dele seja triunfal!

Diego Moretto disse...

Cara, vc jura que vc gostou das versões que fizeram pras músicas do Triller?? Concordo que o Will.i.am é um ótimo produtor, mas não gostei mesmo das versões. Ficaram modinhas hip-hop demais, e isso é um defeito sim. Fergie acabou com a música, e a versão do Akon.... dói de ouvir. Adoro o antigo Michael e ainda o considero rei, mas depois dessas versões realmente estou temeroso pelo o que pode vir.

OBS: Em relação ao meu posto, quando disse que falta afinação e classe no palco, não quis dizer que que ambos mestres tem ambos defeitos. Mas realmente, na minha opinião, Chico Buarque canta um tanto desafinado e Gil não tem a classe, a finese que tem Paulinho da Viola no palco. Foi isso o q eu quis dizer.

Abração e volte sempre cara! Muito obrigado pelo comentário!

Williams Vicente disse...

AINDA NAO OUVI E NAO ESTOU ANSIOSO PARA TAL. IA ESCREVER SOBRE ISSO PARA O DOMINGO DEPOIS DO CARNAVAL, MAS JA QUE VC SE ADIANTOU, E VOLTAREI QUEBRADO, VOUO PUBLICAR O SEU TEXTO NO O MOSSOROENSE NOVAMENTE, QUANDO OS CDS SAIREM, FAREI AS RESENHAS. PORTANTO, NAO PUBLIQUE NO SEU BLOG AS ANALISES DOS DISCOS, OK? ENCONTRAMO-NOS EM OLINDA/RECIFE

Williams Vicente disse...

ja ouvi, nao lembro quem fez o que, thrillher é um disco maravilhoso, é incrivel!!! as novas versoes sao aquelas coisas, dispensaveis, principalmente a de Firgie. Enfim, vale a volta, sao versoes legaslzinhas, da pra passar, mas thriller é não da pra ser reeditado, é unico, pelo menos ate agora nunca vi versao de nada que preze os originais. Mas, ta melhor que Invencible, se é assim que se escreve, portanto , tenho esperança que o album de ineditas vai dar certo. ele esta com Timbaland?? ta bem servido