segunda-feira, 20 de julho de 2009

20 anos sem Lauro Corona

Há exatos 20 anos morria, no auge da carreira, o ator Lauro Corona, um dos mais queridos e populares artistas da televisão brasileira da década de 80. Corona tornou-se conhecido nacionalmente a partir de 1978, devido a sua atuação ao lado de Glória Pires na novela Dancin' Days, de Gilberto Braga, exibida pela Rede Globo. Fugindo dos padrões dos galãs da época, Laurinho não era másculo nem sólido - ele era frágil e tinha pouco mais de 1,60m de altura. No entanto, sobravam-lhe talento e carisma. Dono de olhos azuis, sorriso perfeito e aparência de bonzinho, Lauro dominou os folhetins televisivos, emocionando o Brasil inteiro com personagens que marcaram época, como Rafael, de Corpo a Corpo (1984), e Adriano de Montserrat, de Direito de amar (1987).


Corona também se destacou nas novelas Marina (1980), Baila comigo (1981), Elas por elas (1982), Louco amor (1983) e Vereda tropical (1984). No cinema, atuou ao lado de Cazuza e Débora Bloch em Bete Balanço (1984). Seu último trabalho na TV foi na novela Vida Nova, em 1988, no papel de Manuel Victor, um imigrante português que namorava uma judia brasileira, interpretada por Deborah Evelyn. No início de 1989, Lauro pediu afastamento da novela, da qual ele era protagonista, alegando uma estafa. Retorna dois meses depois, muitos quilos mais magro e uma notável calvície - o que aumentou os boatos de que estaria com AIDS. Corona negava veementemente a doença. Novamente ele abandonou as gravações e a novela teve que ser encurtada. Seu personagem teve um final apressado, com uma viagem para Israel. Sua última cena na novela mostrava um carro partindo numa noite chuvosa, ao som de um poema de Fernando Pessoa, declamado em off pelo próprio ator.

Em seguida, o ator mudou-se para a casa dos pais e se manteve isolado. Lauro não comentava com os amigos sobre a doença e nem aceitava sua condição - tratava os sintomas das doenças oportunistas com homeopatia. Seu estado de saúde se agravou e depois de uma internação de nove dias, morre em 20 de julho de 1989, com apenas 32 anos de idade.

Lauro Corona é parte importante da história da televisão brasileira. Contou até o fim com o companheirismo de sua melhor amiga e irmã em arte, Glória Pires. Seus personagens inesquecíveis ainda residem na memória de muitos brasileiros que vivenciaram os anos 80. E ele poderia ser bem mais lembrado, caso a Rede Globo não insistisse tanto em reprisar folhetins com um passado tão recente e desse lugar aos clássicos, até para que as novas gerações pudessem ter uma ideia da magia e fascínio que as novelas provocavam em outras épocas, até mais que hoje.
____________________________________________________________________
Eis alguns links de vídeos que relembram a carreira do ator:
Lauro Corona e Glória Pires atuam na novela Dancin' Days e cantam João e Maria no Fantástico
Despedida de Lauro Corona na novela Vida Nova (1989)

Cena da novela Direito de Amar (1987) – Adriano resiste às investidas da perversa Paula

http://www.youtube.com/watch?v=o2yGycKpPcE


Cena de Corpo a Corpo (1984) - Bia (Malu Mader) ganha concurso e Rafael (Lauro Corona) fica aborrecido

Cena da novela Elas por Elas (1983) - Aracy Balabanian, Tássia Camargo, Lauro Corona e Mário Lago

http://www.youtube.com/watch?v=07bbLUa0Jfg


Cena da novela Baila comigo (1981) - Lauro Corona e Tony Ramos

Fontes pesquisadas:
- Wikipedia:
- Blog do Aguinaldo Silva
____________________________________________________________________

11 comentários:

Linda Simões disse...

Freddy,amei!!!!!Lindo e talentoso é vc,meu irmão querido!Foi bom rever as cenas das novelas.Beijos.

JSr. disse...

Parabéns Fred.
Gostei do texto.

Marcos Dhotta disse...

Fala Garoto!!! Seus resgates Catrevagisticos são fantásticos... A Primeira aparição do Lauro Corona foi no Especial "Ciranda Cirandinha" da Rede Globo. Vc sabia que o Lauro também cantava??? Pois é meu velho... O Lauro também era cantor pop. Mas fez um dueto maravilhoso com a Glória Pires durante a novela Dancin'days cantando João e Maria. Muito bom esse seu resgate... Isso prova que vc é atemporal mesmo. Abraços,Amigo.

Cláudia disse...

Freddy Jorge Simões, eu como saudosita assumida que sou achei uma delicia ler esse post sobre o carismático Lauro Corona, esse artista que com o seu talento nos proporcionou tantas emoções. Como não lembrar dele: baixinho, cabelinhos cacheados,simpático, sempre sorridente. Quando ouço a música Iluminados'' de Ivan Lins que fazia a abertura da novela " O direito de amar" - eu não perdia um capítulo por nada - lembro sempre dele!!!Estou pensando: como seria ele hoje fisicamente se estivesse vivo?Será que ainda estaria trabalhando em televisão? Teve a felicidade de pode atuar em uma época aonde se valorizavam mais os talentos e era prazerozo acompanhar novela.Uma pena que se foi tão cêdo, mas ele faz parte da história da televisão e está na memória de muitas gente. Freddy, obrigada por nos fazer reviver bons momentos. Beijos!!

Aide disse...

Freddy , amei parabéns !
Eu amava esse ator para mim foi um dos melhores da tv brasileira! Uma pena a REDE GLOBO de televisão não reprisar as novelas das quais ele participou. Só assim pra matarmos saudades desse grande astro! Bjs valeu , vc é o cara..........

Cláudia disse...

Corrigindo: memória de muita gente. (risos)

Sonhos & melodias disse...

Oi Freddy,
Aparecendo por aqui justamente por causa dessa postagem sobre o Lauro Corona. Puxa! Me remete a minha adolescência...Tantas lembranças boas...entre elas, esse moço lindo, talentoso e carismático que passou por nós como um meteoro e deixou-nos tão rápido. Parabéns por esse texto e os demais que li. Já virei sua fã. estarei sempre por aqui.
Bjs

ocrecaboclo disse...

Nossa, que benção. Obrigado pela atenção, pelas referências e pela clareza. Magnífico. E estou APAIXONADO agora pela canção "Iluminados" sugerida por uma das pessoas que comentaram. Ai, Lauro...!

Marcos Dhotta disse...

Ei kbra!!! Vamos atualizar um pouquinho isso por aqui né? Saudades de teu textos intimistas e lascivos. KKKKK. Tem um selo para ti lá no catrevagens. Bração pra tu nego véio.

Anônimo disse...

Sempre fui fã de carteirinha do Lauro Corona e senti muito qdo ele partiu...tão cedo...enfim...é mais uma estrela a brilhar no céu...

Anônimo disse...

Laurinho, gigante como ator, se foi em paz e nos deixou com muita saudades, mas sempre será lembrado por ter feito parte do que existe de melhor na televisão brasileira.